quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDestaque 1Ex-cabo condenado por tortura alega "doença incapacitante" para voltar à PM: Entenda

Ex-cabo condenado por tortura alega “doença incapacitante” para voltar à PM: Entenda

Publicado em

O ex-cabo PM Ângelo Gleiwitz Moreira Siriano, condenado a quase 17 anos  pelo crime de tortura, quer retornar aos quadros da Polícia Militar.

A defesa de Ângelo Gleiwitz ingressou com um recurso, pedindo a anulação da decisão do Conselho de Disciplina da PM, que resultou na exclusão do réu da corporação.
O ex-cabo foi expulso em 29 de março de 2019.
Os advogados alegam que na decisão não houve o direito ao contraditório e a ampla defesa.
Além disso, segundo os advogados, não foi levado em consideração a existência de laudos psicológico e psiquiátrico que apontam a existência de doença incapacitante ao trabalho militar.
Ainda, segundo o recurso, a doença foi adquirida durante sua atividade policial.
Ao analisar o pedido a Juíza de direito Luana Campos solicitou, à 3º Vara Criminal, cópia do laudo do incidente de insanidade mental, realizado no ex-policial.
Após a chegada do documento, será dada vista ao Ministério Público e a defesa e, depois o processo estará conclusão para a decisão.
Em dois processos, o ex-policial foi condenado a 16 anos e 10 meses de prisão, ambos pelo crime de tortura.
Em um dos casos Ângelo Gleiwitz foi condenado, juntamente com outros PMs, por pregar um suspeito de furto no assoalho de uma casa. O crime ocorreu na região do Preventório em Rio Branco.

Copiar

Últimas Notícias

PF faz buscas na casa de suspeito por pedofilia, em Rio Branco

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (24/4), a Operação Videochamada, que visa combater a...

A frota fuleira do Bocalom: mais um pneu cai e causa gritaria em ônibus, nesta 4ª

O pneu de um ônibus que faz a linha do Calafate desprendeu do eixo...

Vídeo do deboche em Paris: operação contra jogos de azar apreende bens e bloqueia contas de mais 4 influencer´s do Acre

A influencer acreana Gleyna Natasha Silva debochou, debochou....até que foi acordada pela polícia, na...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família,...

Deputada bolsonarista mandou e hacker executou invasão ao sistema do CNJ, diz PGR

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, denunciou a deputada federal Carla Zambeli (PL-SP) e...

Você não pode copiar o conteúdo desta página