quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDestaque 1Vereador diz que estava "trabalhando", de madrugada, na boate Moon Club, e...

Vereador diz que estava “trabalhando”, de madrugada, na boate Moon Club, e chama jornalistas de “bandidos”. Empresário apresenta versão

Publicado em

O vereador João Marcos Luz, líder do prefeito Tião Bocalom na Câmara de Rio Branco, chamou de “bandidos” todos os jornalistas que publicaram o flagrante de uma caminhonete alugada para o poder legislativo estacionada em frente à Boate Moon Club. “Não chamo de jornalistas, eu chamo de bandidos, tentando influenciar a sociedade contra o parlamentar”, disse ele na sessão desta quinta-feira (veja acima).

Flagrante: vereador “moralista” e líder de Bocalom leva mulheres e amigos para boate em carro da Câmara

O parlamentar era o condutor da S-10 fotografada por volta de 2:30h da manhã do último domingo no local (veja abaixo).

Um grupo de internautas que fez as imagens disse que havia mulheres e amigos na companhia do vereador, que ingeria álcool.

“Eu fui lá fazer uma visita…..já quero dizer aos paparazzi que hoje estarei lá na Paradiso. O mandato do vereador é 24 horas. Ou na igreja ou na zona, tem que trabalhar…”, argumentou. As desculpas do parlamentar pioraram a imagem dele perante a opinião pública e a mesa-diretora silenciou quando deveria se manifestar.

A caminhonete custa R$ 3 mil em aluguel mensal ao contribuinte. O combustível também é custeado pelos cidadãos de Rio Branco, em quantidade que o parlamento também se nega a explicar.

O empresário André Borges, dono da boate, ao ser questionado, admitiu que o João Marcos Luz era seu convidado;

“O vereador foi na minha boate naquela noite por um convite meu. Ele me ajudou a resolver a questão do alvará da boate na prefeitura e eu convidei ele para ir na boate. Ele ficou comigo no meu camarote”, disse André Borges.

Questionado se havia alguma tratativa referente ao mandato naquela madrugada, o empresário repetiu: “ele me ajudou a resolver um problema do alvará que eu estava com dificuldade. Foi encontrar comigo, com meu sócio. Foi lá porque me ajudou a resolver a documentação da boate”.

 

Copiar

Últimas Notícias

Testemunha diz que servidores da prefeitura “levaram” as peças mais valiosas dos 10 tratores agrícolas abandonados na Sobral

A caixa satélite da planetária de todos os tratores agrícolas que se encontram abandonados...

PF faz buscas na casa de suspeito por pedofilia, em Rio Branco

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (24/4), a Operação Videochamada, que visa combater a...

A frota fuleira do Bocalom: mais um pneu cai e causa gritaria em ônibus, nesta 4ª

O pneu de um ônibus que faz a linha do Calafate desprendeu do eixo...

Vídeo do deboche em Paris: operação contra jogos de azar apreende bens e bloqueia contas de mais 4 influencer´s do Acre

A influencer acreana Gleyna Natasha Silva debochou, debochou....até que foi acordada pela polícia, na...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família,...

Você não pode copiar o conteúdo desta página