segunda-feira, abril 22, 2024
InícioDESTAQUEAdvogada e professora universitária vira ré por denunciação caluniosa, injúria e difamação

Advogada e professora universitária vira ré por denunciação caluniosa, injúria e difamação

Publicado em

Natural de Sena Madureira, o advogado Maycon Moreira conseguiu provar ser inocente da acusação feita por. Ameaça e exercício ilegal da profissão realizadas pela sua colega de profissão, a também advogada Viviane Silva Santos Nascimento, professora de uma faculdade local.

Com a inocência provada pelo advogado Maycon Moreira, Viviane deixou o papel de vítima e passou à condição de investigada e acusada, alvo de inquérito policial, após o insucesso da denúncia feita por ela. A pretensão de enquadrar Maycon Moreira no Conselho de Ética da OAB também fracassou.

Uma queixa-crime, na delegacia de polícia, apresentada pelo advogado, se transformou em processo na Segunda Vara Criminal e no Juizado Especial Cível da comarca local, onde futuramente haverá audiência para tratar de tal assunto. Viviane virou ré por denunciação caluniosa, injúria, difamação, calúnia e também foi representada junto ao órgão de classe competente, para apuração de infração ético-disciplinar.

A decisão da magistrada que arquivou a ação de Viviane contra Maycon Moreira

“Foi muito difícil conviver com a falsa notícia de crime contra a minha pessoa atingindo minha honra. Sou jovem, tenho apenas 27 anos, de família humilde e graças a DEUS e com muito esforço conseguimos realizar o o sonho de ser advogado para de uma outra pra outra ser acusado indevidamente por uma conduta que nunca praticamos e a justiça está sendo feita. Insta salientar que minha família e o meu ciclo de amizades foram abalados com tudo isso. Eu procuro retidão no meu ofício. Busco justiça, sempre, para mim e para meus clientes”, pontuou o advogado.

O advogado representou contra Viviane por denunciação criminosa após ser absolvido

Viviane chegou a denunciar Maycon na ânsia de imputar ao advogado grave culpa por desvio ético. Um parecer do delegado de polícia federal sugeriu o arquivamento do processo em questão e o Ministério Público Federal – MPF – pediu o arquivamento. O pedido foi prontamente acatado pelo juiz federal competente.

A acusação de ameaça foi rejeitada e até reconhecida duplicidade processual e as provas apresentadas por Viviane também não convenceram a magistrada que deveria decidir sobre o caso, resultando na inocência do advogado Maycon Moreira, que é filho de Sena Madureira-AC, e determinou o arquivamento do processo.

A reportagem buscou uma declaração de Viviane, mas sem sucesso

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página