segunda-feira, abril 22, 2024
InícioDestaque 1Homem que matou jogador de futebol em Rio Branco é condenado 37...

Homem que matou jogador de futebol em Rio Branco é condenado 37 anos de prisão

Publicado em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio da 12ª Promotoria de Justiça Criminal, conseguiu a condenação de Wandresson Tavares Coelho a 37 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado, por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, Ygor Santos de Araújo, além de participação em organização criminosa. O crime ocorreu em março de 2022, em Rio Branco.

Ygor Santos, que era jogador de futebol, foi morto após deixar um familiar em casa, momento em que o réu, juntamente com seu comparsa, efetuou três disparos de arma de fogo, sendo atingido no tórax, peito e glúteo.

Segundo o promotor de Justiça Carlos Pescador, “a motivação do crime foi torpe, além do emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, uma vez que o denunciado e seu comparsa dispararam contra Ygor enquanto ele conduzia uma motocicleta, com sua capacidade defensiva claramente reduzida”.

O Tribunal do Júri considerou os pedidos do MPAC e sentenciou Wandresson Tavares pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e por participação em organização criminosa. Somadas, as penas chegam a 37 anos de reclusão em regime fechado.

“O Ygor tinha o sonho de jogar futebol fora do estado, era envolvido com a prática de esportes, inclusive, ele já tinha sido convidado para jogar futebol fora do estado e só estava esperando a data para ir embora. O acusado não acabou só com a vida do Ygor, acabou com o sonho dele e com o sonho da família inteira, isso é muito grave, mas que bom que a sociedade acreana reconhece a gravidade desses fatos e concorda com o Ministério Público”, destacou o promotor.

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página