quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDestaque 1Vídeo: vítima de importunação sexual revela proposta do diretor-geral de polícia civil,...

Vídeo: vítima de importunação sexual revela proposta do diretor-geral de polícia civil, Henrique Maciel

Publicado em

Ouvida durante as investigações de importunação e assédio sexuais dentro do Departamento de Polícia Civil do Acre, uma mulher admitiu ter recebido propostas indecentes do diretor-geral, Henrique Maciel.

Vídeo obtido pela reportagem detalham parte das declarações da vítima, feitas a um colegiado independente, ligado ao movimento civil organizado, que colhe provas contra o delegado. Henrique já é investigado por tráfico de influência e perseguição implacável a servidores público subordinados a ele.

A mulher relata que o diretor-geral lhe prometeu privilégios na carreira de servidora pública caso ela aceitasse passar uns dias com ele em Porto Velho. “Se você fizer isso, isso e isso….”, conta ela. O detalhamento do assédio consta em outro vídeo.

A vítima, após negar a proposta, foi exonerada de cargo de diretoria de departamento, com alta responsabilidade técnica e administrativa, por determinação do seu chefe investigado.

A Adepol (Associação dos Delegados de Polícia do Acre), cobrou a abertura de inquérito civil, no âmbito do Ministério Público (veja ao lado). O episódio soma crimes de perseguição administrativa com o as provas que faltavam para o enquadramento penal de Henrique Maciel: privilégios na carreira de servidor público por favores sexuais.

Para abrir procedimento investigatório, ensina um advogado ouvido pela reportagem, o Ministério Público não precisa ser provocado.

“Trata-se de crime de ação penal pública incondicionada. Ou seja, o Estado deve investigar independente da vontade da vítima. É diferente de um crime de ameaça, por exemplo, quando a vítima decide se quer ou não levar o caso adiante”, explicou.

A Adepol, no documento protocolado no MP, acentua que há outros depoimentos de vítimas contando histórias semelhantes de importunação e assédio sexual. A identidade das vítimas será preservada e a voz, no caso publicado agora, foi modificada.

Assista abaixo:

Copiar

Últimas Notícias

Vídeo do deboche em Paris: operação contra jogos de azar apreende bens e bloqueia contas de mais 4 influencer´s do Acre

A influencer acreana Gleyna Natasha Silva debochou, debochou....até que foi acordada pela polícia, na...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família,...

Deputada bolsonarista mandou e hacker executou invasão ao sistema do CNJ, diz PGR

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, denunciou a deputada federal Carla Zambeli (PL-SP) e...

Candidato a pai aos 60 anos, senador Márcio Bittar brinda reencontro com filho psicólogo após 3 décadas

Impossível negar a semelhança entre Pedro Márcio Almeida Bittar e o pai, o senador...

Moraes dá cinco dias para o X explicar lives de contas bloqueadas pela Justiça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o X (antigo...

Você não pode copiar o conteúdo desta página