segunda-feira, abril 22, 2024
InícioDestaque 1Lula sanciona lei que cria bolsa para pessoas em situação de rua,...

Lula sanciona lei que cria bolsa para pessoas em situação de rua, mas tem que estudar

Publicado em

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira (17) uma lei que institui a Política Nacional de Trabalho Digno e Cidadania para População em Situação de Rua (PNTC Pop Rua).

Entre as medidas previstas, está a criação de uma uma bolsa de qualificação profissional para custear despesas com alimentação e transporte às pessoas em situação de rua que participarem de cursos técnicos ou que escolherem aprimorar seu nível de escolaridade (veja mais abaixo).

O projeto é de autoria da deputada Erika Hilton (PSOL-SP) e foi aprovado pela Câmara dos Deputados, na forma do substitutivo do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), em outubro de de 2023. Em dezembro, o texto foi aprovado pelo Senado Federal e encaminhado à sanção presidencial.

De acordo com a lei, a PNTC Pop Rua se destina “a promover os direitos humanos de pessoas em situação de rua ao trabalho, à renda, à qualificação profissional e à elevação da escolaridade”.

Ainda, segundo o texto, pessoas em situação de rua são aquelas que têm em comum a falta de moradia e que vivem em áreas públicas urbanas e/ou em unidades de acolhimento para pernoite eventual ou provisório.

Em setembro de 2023, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) divulgou um relatório que apontou que, na época, um em cada mil brasileiros vivia em situação de rua.

Entre as diretrizes da PNTC Pop Rua, está a oferta de autonomia financeira a essa população por meio de programas que promovam a elevação da escolaridade, qualificação profissional e acesso mais amplo e simplificado ao trabalho e à renda.

A lei também estabelece que a política deverá criar incentivos à contratação da população em situação de rua, por meio da criação de um selo para empresas parceiras, e estimular a produção de circuitos de economia solidária.

Ainda segundo o texto, outra diretriz da PNTC Pop Rua é estimular ações de enfrentamento ao preconceito, discriminação e violência contra essas pessoas no ambiente de trabalho.

O texto também traz a possibilidade de a União e os demais entes federativos estabelecerem convênios com entidades públicas e privadas sem fins lucrativos para o desenvolvimento de projetos que beneficiem o grupo.

Pela lei, crianças e adolescentes identificados em situação de trabalho infantil precisarão ser incluídos no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página