segunda-feira, abril 22, 2024
InícioPolíticaPara 50% da população seria justo prender Bolsonaro, e 39% afirmam que...

Para 50% da população seria justo prender Bolsonaro, e 39% afirmam que não; Veja pesquisa

Publicado em

Pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta (28), aponta que 47% dos entrevistados acreditam que o ex-presidente participou de um plano para dar um golpe de Estado e evitar a posse de Lula, enquanto outros 40% afirmam que isso não aconteceu. Ao mesmo tempo, 50% afirmam que seria justo prender Bolsonaro, enquanto outros 39% acreditam que não. A margem de erro é de 2,2 pontos.

Entre os eleitores de Lula no segundo turno de 2022, 77% defendem que Bolsonaro participou da trama golpista, enquanto 83% dos eleitores de Jair sustentam que não.

Essa polarização acompanha os resultados da pesquisa, com exceção da parcela do eleitorado que não votou em ninguém.

O não-eleitor e o eleitor independente vêm sendo os fiéis da balança: neste caso, 47% deles acham que o ex-presidente tentou dar um golpe de Estado, frente a outros 32% que dizem que não.

Entre os eleitores de Lula, 79% dizem que seria justa a prisão de Jair Bolsonaro, frente 82% dos eleitores do ex-presidente que afirmam que isso seria uma injustiça. Entre os que não foram votar no segundo turno de 2022, 53% acham que seria justa a prisão de Bolsonaro.

Os evangélicos são o grupo mais contrário à prisão do ex-presidente: 56% desse grupo dizem que seria injusta uma prisão, frente a 36% que dizem que ela seria justa. Junto aos católicos, 55% defendem que a prisão de Bolsonaro seria justa, diante de 34% que apontam injustiça.

E enquanto a maioria dos moradores da região Sul do país defende que Bolsonaro na cadeia seria uma injustiça (53% a 41%) e há um empate técnico nas regiões Centro-Oeste e Norte (44% acreditando ser justa frente a 42%), o Nordeste (61% a 29%) e o Sudeste (49% a 40%) tem a maioria da população apontando que uma prisão seria justa…

Entre que se informam sobre política pelo WhatsApp e pelas redes sociais, 49% acreditam que a prisão de Bolsonaro seria injusta, enquanto 42% e 44%, respectivamente, dizem que seria justa. A situação se inverte, com uma maioria achando justa a prisão, entre quem se informa sobre política pelo rádio (58%), pela TV (58%), pelo jornais impressos (54%), por sites, blogs e portais de notícias (49%) e até por amigos, familiares e conhecidos (59%).

A pesquisa também perguntou se a Justiça acertou em tornar Bolsonaro inelegível – ele foi condenado duas vezes pelo Tribunal Superior Eleitoral e não pode participar de eleições até 2030. No total, 51% afirmaram que sim, a justiça acertou, e 40% dizem que não.

Entre os eleitores de Lula, 81% afirmam que a Justiça Eleitoral acertou e 84% dos eleitores de Bolsonaro afirmam que errou. Entre os que não votaram em nenhum dos dois, 52% dizem que o TSE acertou

Do UOL

 

 

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página