quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDESTAQUEComeça julgamento do padrasto que matou enteado dentro de ônibus, em Rio...

Começa julgamento do padrasto que matou enteado dentro de ônibus, em Rio Branco

Publicado em

O julgamento do presidiário Natanael da Silva Oliveira, denunciado pelo assassinato do estudante Adriano Barros, teve início às 8h30 da manhã desta quarta-feira, 6.
A sessão é realizada na 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, no Fórum Criminal.
Natanael é réu confesso do assassinato do estudante Adriano Barros Cataiana, de 15 anos.
O crime aconteceu na tarde de 12 de julho do ano passado.
O adolescente, que era enteado de Natanael, estava dentro do ônibus a caminho da escola, quando foi atingido com um tiro na cabeça, sem ter qualquer chance defesa.
Na sequência, em meio ao pânico dos passageiros, o criminoso desceu do coletivo e fugiu.
Natanael Oliveira foi preso dois dias depois durante uma ação de investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.
O réu  é julgado por homicídio qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.
Copiar

Últimas Notícias

Testemunha diz que servidores da prefeitura “levaram” as peças mais valiosas dos 10 tratores agrícolas abandonados na Sobral

A caixa satélite da planetária de todos os tratores agrícolas que se encontram abandonados...

PF faz buscas na casa de suspeito por pedofilia, em Rio Branco

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (24/4), a Operação Videochamada, que visa combater a...

A frota fuleira do Bocalom: mais um pneu cai e causa gritaria em ônibus, nesta 4ª

O pneu de um ônibus que faz a linha do Calafate desprendeu do eixo...

Vídeo do deboche em Paris: operação contra jogos de azar apreende bens e bloqueia contas de mais 4 influencer´s do Acre

A influencer acreana Gleyna Natasha Silva debochou, debochou....até que foi acordada pela polícia, na...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família,...

Você não pode copiar o conteúdo desta página