sábado, junho 22, 2024

Top 5 desta semana

Notícias relacionadas

Bocalom mentiu? promotores esclarecem que prefeito não está proibido de recuperar as Ruas do Povo

É pura birra do prefeito Bocalom. Bem ao seu estilo turrão, intransigente, mesmo que sua postura inadmissível o afaste a cada dia da reeleição. É pessoal, sem qualquer viés humanitário ou compromisso com a população. Já são 40 meses de gestão sem uma pá de asfalto nas 607 ruas que o próprio prefeito jurou melhorar. O prefeito insiste numa tal judicialização, já desmentida pelos órgãos de controle, pelo MP e pelo próprio Judiciário. Sua assessoria jurídica patina numa ineficiência alarmante, incapaz de interpretar a lei, segundo a qual é obrigação do prefeito cuidar da cidade onde é gestor.

O prefeito da capital foi desmentido em documento oficial do Ministério Público, fornecido a líderes comunitários, em que dois promotores esclarecem: “não há qualquer recomendação para o prefeito deixe de promover obras nas vias públicas do Programa Ruas do Povo”.

O expediente assinado pela assessora jurídica Jéssica Rayane Moraes é claro: O MP recomendou que o prefeito apresente cronograma de obras no Ruas do Povo (se estiver contemplado no Programa Asfalta Rio Branco) com antecedência, e faça uma reclamação formal à Justiça, com perícia e provas de supostas irregularidades no serviço executado por gestões passadas.

Bocalom não apresentou o cronograma, não ajuizou a ação sugerida pelo Ministério Público e mantém o irritante argumento de que “isso é problema do PT.

O ativista político Francisco Panthio gravou à frente da sede do MP, e confirmou o que ele chamada de “mais uma farsa desmascarada”. Assista abaixo:

 

Você não pode copiar o conteúdo desta página