terça-feira, maio 28, 2024
InícioDESTAQUEJantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

Publicado em

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente da Executiva Municipal em Rio Branco, e o secretário Alysson Bestene (Governo) tiveram uma demorada conversa na noite desta quinta-feira, em jantar em Brasília. Foi o momento de desfazer notícias maldosas segundo as quais a deputada federal Socorro Neri estaria em vias de romper com o grupo do governador.

Boatos ganharam repercussão negativa, especialmente nas redes sociais, após Neri renunciar à Presidência do PP na capital. Tudo foi desmentido no descontraído encontro em que a deputada fez questão de comparecer também.

“Foi muito positivo. O alinhamento pela construção de chapas no interior e na capital, ao contrário do que muitos possam pensar, continua com o engajamento do grupo agora mais do que nunca”, disse a deputada.

Cameli ressaltou a importância de Socorro Neri na condução do partido, muito embora ela tenha que conciliar suas agendas como parlamentar a partir de agora.

O grupo tratou o secretário Alysson como “prefeiturável”, afastando a idéia, por enquanto, de que o Progressista estaria em vias de se aliar ao MDB ou ao PL.

Obviamente, as esperanças de Marcus Alexandre e Bocalom em ter o governador e o PP em seus palanques permanecem.

Um interlocutor arriscou dizer que “hoje, há uma tendência de o PP apoiar o candidato do MDB, mas isso passará por muitas discussões ainda”. Há acordos em construção, segundo os quais Marcus Alexandre, se eleito, apoiaria da candidatura do governador para o Senado e o candidato indicado pelo progressista ao Governo do Acre.

Outra fonte ouvida pela reportagem, intimamente ligada ao Palácio, acrescentou: “caminhar com o Bocalom é muito improvável, por causa do desgastes sofrido pelo prefeito que deixou de cumprir quase 70% de seu plano governo e enfrenta desgaste e rejeições difíceis de serem contornados”. Esta mesma fonte indica que a proposta não inspira os caciques do PP, mesmo que Bocalom seja rreleito, se afaste do cargo para disputar o Senado ou o Governo em 2026.

Copiar

Últimas Notícias

Vídeo mostra momento em que homem invade residência para matar mulher e amigo dela, em Porto Velho

Câmeras de monitoramento registraram as tentativas de um homem de 29 anos em invadir a...

Vídeo: o aparato de guerra na chegada de “Luizinho do CV” ao Acre; Ministro boliviano liderou prisão

Luiz Gomes da Silva, o Luizinho do CV, foi deportado pelas autoridades bolivianas no...

X1 e X2: eleição e posse de diretoria é confirmada para 21 de abril

O Presidente da Comissão Pró-fundação da Federação Acreana de X1 E X2, convoca a...

Cantor Hangell Borges é preso na madrugada em boate, em Rio Branco

O cantor sertanejo Hangell Borges foi preso na madrugada deste sábado, 25, na boate...

Acre inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na próxima segunda-feira, 27

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), lançará...

Você não pode copiar o conteúdo desta página