sexta-feira, julho 19, 2024

Top 5 desta semana

Notícias relacionadas

Associação GLBT do AC repudia vereador homofóbico, líder de Bocalom, que tenta proibir crianças trans na Parada Gay

A comunidade gay no Acre repudia a intenção do vereador João Marcos Luz, líder do prefeito Tião Bocalom (PL) na Câmara Municipal de Rio Branco, de tentar proibir a aparição de crianças trans nos eventos GLBT.

Luz, em atitude considerada preconceituosa e homofóbica, disse que “são irresponsáveis os pais que permitem seus filhos nesse tipo de evento”. Ele apresentou um projeto que, se virar lei, proibirá crianças GLBTs. A polêmica foi gerada na Parada Gay de São paulo, quando uma ala infantil entrou na avenida com a mensagens “crianças trasn também existem”. O apelo dos organizadores por respeito e reconhecimento de direitos foi interpretado como profanidade.

A associação das travestis e transexuais do acre decidiu se solidarizar ao irmão do vereador, o artista local Gentil Guimel Luz, “cantor que encanta o mundo com sua luz e talento”, diz uma nota emitida nas redes sociais.

“Gentil tem como irmão o vereador João Marcos Luz, que quer culpabilizar o movimento LGBT ao proibir que menores de idade possam participar da parada LGBT que ocorre todo ano em Rio Branco. Agora entendemos o porquê de um projeto querer impedir que famílias LGBT levem seus filhos a parada e de que jovens LGBT possam exercer sua cidadania acompanhados de seus responsáveis. A família Luz demonstra não aceitar uma pessoa da própria família e quer impor seu jeito de funcionar a toda a sociedade, o que além de inconstitucional é cruel”, diz a nota.

Toda nossa solidariedade a Gentil, que leva no nome o afeto e humanidade que explicita querer receber do mundo. Nos empatizamos como todo processo de anulação do ser humano e reconhecemos os efeitos que esses processos causam na vida de pessoas LGBT”, finaliza.

João Marcos foi filiado ao PL, partido de Bolsonaro, no dia em que o ex-presidente visitou o Acre, há dois meses. Sua atuação política não o credencia como possível reeleito se a votação fosse hoje.

A rede social de Gentil (veja AQUI) tem imagens suas quando criança e outras em que ele derrama afeto a outras crianças, num gesto que incomoda somente alguns ignorantes focados em projeto de poder político pessoal.

 

Você não pode copiar o conteúdo desta página