segunda-feira, abril 22, 2024
InícioDESTAQUEBaixaria na rede: Manoel Moraes e Antônia Lúcia expõem caso estarrecedor de...

Baixaria na rede: Manoel Moraes e Antônia Lúcia expõem caso estarrecedor de pedofilia e famílias brigam na justiça

Publicado em

Os deputados Antônia Lúcia (missionária, controladora do complexo de comunicação Boas Novas) e Manoel Moraes (líder do governo na Aleac) expõem publicamente narrativas que somente a justiça deve apurar sobre o que seria uma grave violação aos direitos da criança e do adolescente. O segundo capítulo dessa briga – e provavelmente não será o mais estarrecedor – se evidenciou na manhã desta quarta-feira, horas após a parlamentar denunciar ter sofrido ameaças e citar um suposto episódio de pedofilia que teria ocorrido dentro da sua casa.

Moraes emitiu nota pública, na noite de ontem, afirmando que os ataques da deputada se devem a uma disputa entre ela e a filha, Gabriela Câmara, pela guarda das netas. Na nota, o próprio deputado relata o que até então estava encoberto: Antônia Lúcia insiste em provar um abuso sexual sofrido pelas duas netas menores, e o autor do suposto crime seria o filho do deputado, padrasto das crianças.

A nota de Moraes abre informações que correm em segredo de justiça. Ele aponta a deputada como alguém que teria forjado provas e comprado testemunhas para incriminar o próprio genro.

“Retirou as netas sorrateiramente da mãe e as levou para Brasília”, diz Manoel Moraes num trecho da nota.

“Deixa de ser pateta. Tu vais resolver é na Polícia Federal”, retrucou a deputada há pouco.

Para Moraes, a deputada não aceita o pedido feito por seus advogados para arquivar o processo (por falta de provas). O parlamentar assegura que a a missionária é alvo de uma reclamação por parte da filha (mãe das crianças) junto às autoridades, inconformada pela atitude drástica da avó (levar as netas para sua casa, no Distrito Federal).

“Nunca ameacei (a deputada). Me vi denso arrastado para o centro dessa história por alguém que destruiu a própria família e agora tenta destruir a minha”, diz o deputado na nota pública.

Fontes ouvidas pela reportagem ligadas á deputada, informaram que há provas “estarrecedoras” do suposto crime. “A babá das crianças é uma das testemunhas e o ato libidinoso narrado por ela na delegacia de polícia é de fazer chorar qualquer pai e mãe”.

O pai biológico das meninas reforça o rol de testemunhas contra o filho do deputado.

Pelo sim, pelo não, resta apurar as declarações de Moraes, segundo as quais o delegado do caso já teria pedido o arquivamento do processo.

Antônia Lúcia denuncia ameaça de deputado Manoel Moraes e cita pedofilia: “sou mulher”

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página