segunda-feira, abril 22, 2024
InícioDESTAQUEGovernador Gladson Cameli faz visita técnica às famílias desabrigadas no Parque de...

Governador Gladson Cameli faz visita técnica às famílias desabrigadas no Parque de Exposições

Publicado em

Em companhia do secretariado, de agentes públicos e do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, Cameli visitou as estruturas do parque, que tem atendido às famílias desabrigadas na capital.

“Este é um momento de união entre Estado, Município e governo federal. Toda a estrutura do governo do Acre está à disposição da população durante esta calamidade, que tão duramente atinge o povo acreano”, frisou Cameli durante a visita.

Governador e a vice-governadora Mailza Assis visitaram o Parque de Exposições acompanhados do prefeito Tião Bocalom. Foto: Diego Gurgel/Secom

Acompanhado do prefeito Bocalom, o governador relembrou que o Estado está dando suporte à prefeitura no abrigo.

O governo vai oferecer mil refeições diárias e serviços de saúde, complementando o serviço que está sendo oferecido, além da emissão de documentos de identidade e recreação infantil.

Para o governador, o objetivo principal é cuidar das pessoas atingidas. Foto: Diego Gurgel/Secom

“O governador desde o primeiro minuto se colocou à disposição para ajudar, decretou alerta e emergência nos municípios, o que ajudou a todos; agradeço ao governador por essa antecipação”, disse Bocalom.

Cameli cumpre agenda em Brasileia e Xapuri, nesta quarta-feira, e segue para os demais municípios atingidos pela cheia nos próximos dias.

Toda a estrutura do Estado está à disposição da Prefeitura de Rio Branco, que conduz as atividades no abrigo do Parque de Exposições. Foto: Diego Gurgel/Secom

Apoio do governo federal

Em contato com os ministérios da Integração Nacional e da Saúde, o governador Gladson Cameli confirmou a vinda ao Acre dos respectivos ministros, Waldez Góes e Nísia Trindade, a partir da próxima segunda-feira.

O governo federal já reconheceu o estado de emergência no Acre, que, com 19 municípios atingidos, passa a poder receber recursos federais para o enfrentamento da crise fluvial.

O que diz a Defesa Civil

O coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Carlos Batista, explicou que o governo federal tem acompanhado de perto a situação, fazendo videoconferências com o Estado. Mais dois novos municípios estão em emergência, Rodrigues Alves e Manoel Urbano, totalizando 19 atingidos.

Batista explica que a previsão é de que as águas do Alto Acre desçam para Rio Branco em breve. “Hoje pela manhã o Rio Acre ultrapassou a cota histórica em Brasileia, de 15,55m e esse volume de água vai descer para Rio Branco, ocasionando a subida do nível dos rios, aumentando os desabrigados e desalojados. Na capital, a estimativa da Defesa Civil é de que o rio se aproxime da cota dos 17 metros, pois temos ainda a previsão de volumes consideráveis de chuvas a cair na bacia do Rio Acre”, explicou.

Coronel Carlos Batista explicou que as águas de Brasileia vão descer à capital nos próximos dias. Foto: Neto Lucena/Secom

Dos 22 municípios acreanos, apenas Acrelândia, Bujari e Senador Guiomard não estão em estado de emergência, embora as equipes do governo já estejam atuando preventivamente para evitar o pior para as famílias.

Com 19 municípios atingidos, a estimativa é de que o rio se aproxime da cota dos 17m, pois ainda há previsão de volumes consideráveis de chuva a cair na bacia do Rio Acre.

Copiar

Últimas Notícias

Às 17 horas: “Farra na República Gourmet” neste domingo tem cerveja a R$ 0,99 e entrada liberada para mulheres

O Pagode já tradicional na República Gourmet tem novo horário. Começa logo mais à...

Jantar em Brasília: Gladson, Socorro Neri e Aberson reafirmam unidade do PP e tratam Alysson como “prefeiturável”

O governador Gladson Cameli, presidente estadual do PP, o secretário Aberson Carvalho (Educação), presidente...

9 mil motoristas do Acre estão com o exame toxicológico vencido e podem perder o direito de dirigir

Dados do próprio Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/AC) apontam que cerca de 9 mil...

Vem, Aedes aegypti: a água escassa, suja e parada na fonte que não funciona em frente à prefeitura de Rio Branco; VÍDEOS

Aquela mega reforma em tons de azul. Lembram? Desbotou. A Praça da Revolução parece ter sido preparada...

Calote no povo: as 1001 casas do Bocalom, que seriam entregues daqui a 24 dias, ficaram pra depois das eleições

A assessoria da Prefeitura de Rio Branco informou que as 1001 unidades habitacionais prometidas...

Você não pode copiar o conteúdo desta página