quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDESTAQUEGovernadores oferecem ajuda e prestam solidariedade aos acreanos atingidos pelas cheias

Governadores oferecem ajuda e prestam solidariedade aos acreanos atingidos pelas cheias

Publicado em

Da Secom

O estado do Acre enfrenta uma intensa cheia dos seus rios nos últimos dias, e o governador Gladson Cameli tem recebido manifestações de apoio de governadores de todo o Brasil. Por meio de canais de comunicação privados, diversos líderes estaduais demonstraram solidariedade e ofereceram ajuda para enfrentar os desafios causados pelas inundações.

Liderando as ações no estado, governador Gladson Cameli tem recebido manifestações de solidariedade e apoio de todo o país. Foto: Neto Lucena/Secom

Helder Barbalho, governador do Estado do Pará, declarou: “Amigo Gladson, conte com o Pará para o que precisar aí diante das enchentes”.

Ronaldo Caiado, governador de Goiás, afirmou: “Governador Gladson, fiquei sabendo agora das enchentes no seu estado pela postagem do Helder. Me coloco à disposição para o que precisar”.

Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte, expressou: “Governador Gladson, o Rio Grande do Norte é solidário e à disposição, amigo, para ajudar no que for possível”.

Clécio Luis, governador do Estado do Amapá, reforçou: “Amigo, conte com o Amapá”.

Esses gestos de solidariedade destacam o bom relacionamento que o governador Gladson Cameli mantém com políticos e líderes institucionais de todo o país, transcendendo qualquer barreira ideológica. O Acre recebe, nesse momento crítico, o carinho e o suporte de diferentes regiões, refletindo a união nacional diante de adversidades.

O governador Cameli, ciente da gravidade da situação, anunciou uma ação emergencial para enfrentar as enchentes que afetam diversos municípios acreanos. O ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, ofereceram apoio e planejam uma visita para acompanhar de perto as enchentes e organizar ações em breve.

Em resposta às adversidades, o governador decretou estado de emergência em 17 cidades do estado atingidas por inundações, com validade de 180 dias. Os municípios mais críticos incluem Assis Brasil, Brasileia, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Jordão, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Tarauacá e Xapuri.

Diante da magnitude da crise, o apoio solidário de governadores de todo o Brasil reforça a importância da união nacional para superar os desafios e oferecer suporte à população afetada pelas cheias dos rios.

Copiar

Últimas Notícias

Testemunha diz que servidores da prefeitura “levaram” as peças mais valiosas dos 10 tratores agrícolas abandonados na Sobral

A caixa satélite da planetária de todos os tratores agrícolas que se encontram abandonados...

PF faz buscas na casa de suspeito por pedofilia, em Rio Branco

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (24/4), a Operação Videochamada, que visa combater a...

A frota fuleira do Bocalom: mais um pneu cai e causa gritaria em ônibus, nesta 4ª

O pneu de um ônibus que faz a linha do Calafate desprendeu do eixo...

Vídeo do deboche em Paris: operação contra jogos de azar apreende bens e bloqueia contas de mais 4 influencer´s do Acre

A influencer acreana Gleyna Natasha Silva debochou, debochou....até que foi acordada pela polícia, na...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família,...

Você não pode copiar o conteúdo desta página