quinta-feira, maio 23, 2024
InícioCotidianoServiço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da...

Serviço Social do Hospital do Idoso proporciona reencontro de paciente separado da família há 30 anos

Publicado em

Morador de Acrelândia, interior do Acre, Gilberto Lima, de 76 anos, reencontrou a família, que não via há cerca de 30 anos, no último fim de semana, após viajar para Ilhéus, na Bahia. O feito se deu graças ao trabalho realizado pelo Serviço Social do Hospital do Idoso, localizado na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), em Rio Branco, onde ele esteve internado entre dezembro de 2023 e abril de 2024.

Conforme os registros do hospital, Gilberto chegou sem acompanhante, com um quadro de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), e nunca recebeu visita de familiares. Ao averiguar o caso, o Serviço Social apurou que os familiares, por outro lado, pensavam que Gilberto poderia ter falecido, embora nunca tenham desistido de procurá-lo.

Gilberto recebeu alta médica em janeiro, mas não queria ir embora. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

Mesmo recebendo alta médica no dia 30 de janeiro, o paciente relatou à equipe do hospital que não queria ir embora, pois já estava familiarizado com os novos amigos que fez no hospital e era bem cuidado pela equipe da unidade. No entanto, devido aos riscos à sua saúde com uma exposição prolongada ao ambiente hospitalar, o Serviço Social do hospital, com apoio da equipe multiprofissional – composta por terapeuta ocupacional, psicóloga, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e nutricionistas, entre outros -, intensificou a busca de um lar para ele. Por meio da investigação realizada pela equipe, uma irmã do idoso foi localizada e logo começou uma força-tarefa para promover o reencontro.

“Ao longo da internação, a equipe estabeleceu um vínculo com o senhor Gilberto. A equipe realizou uma série de atividades com ele, como jogos. Ele chegou até a comemorar seus 76 anos na unidade. Toda a equipe do Hospital do Idoso está muito feliz com esse reencontro com a família”, conta a assistente social Jamaika Negreiros, que acompanhou o caso ao lado da colega Margarete Lazzare.

Gilberto na Bahia ao lado das irmãs Adélia e Elenides, que não via há 30 anos. Foto: cedida pela família

O embarque de Gilberto se deu na madrugada do último sábado, 20, na companhia de um amigo. Antes de partir, disse: “Estou triste, porque vou deixar essas meninas maravilhosas que cuidaram tão bem de mim, mas tô feliz porque vou reencontrar meus irmãos.

Da Secom

Copiar

Últimas Notícias

Receita Federal abre da consulta ao 1º lote da restituição de IR

A Receita Federal liberou às 10h desta 5ª feira (23.mai.2024) a consulta ao 1º...

Federação de X1 e X2: convocatória anuncia eleição e posse de diretores em 21 de junho

O Presidente da Comissão Pró-fundação da Federação Acreana de X1 E X2, convoca a...

Deputados e Secretaria da Mulher ouvem vítimas de assédio que envolve presidente do Iapen

A Secretaria de Comunicação informou que as supostas vítimas de assédio pelo presidente do...

Policiais penais reagem e sindicalista diz que representaria melhor a categoria como presidente do Iapen; Ouça a entrevista

Éden Azevedo, presidente do Sindicato dos Policiais Penais, disse há pouco (ouça acima) que...

Rio Branco terá colapso no abastecimento de água em 10 dias, diz vereador

O vereador Nogueira Lima comunicou que a população de Rio Branco tende a sofrer...

Você não pode copiar o conteúdo desta página