terça-feira, maio 28, 2024
InícioDESTAQUEBittar e os Rueda "atiram" para destruir Mailza, aloprados do PP apóiam...

Bittar e os Rueda “atiram” para destruir Mailza, aloprados do PP apóiam chantagem, mas Gladson reage; Entenda

Publicado em

Que o senador Márcio Bittar não é flor que se cheire todos sabem.

Que os Rueda usam de pistolagem política para se empoderar, idem.

A última deles: exigir para si duas super secretarias, uma delas comandada pela vice-governadora Mailza Assis, como condição para abrir mão da vice de Bocalom e aceitar PP no lugar.

O prefeito, aliás, encoraja a trapaça por ser o principal interessado (continue lendo).

Para o povo, o lado bom é a articulação feita pelo senador Bittar, tido como franco atirador e de capital político falido após os 4% de votos obtidos na campanha para governador do Acre.

A chantagem é explícita, alimentada também por espaços pagos em mídias comandadas pelo entorno do secretário Alysson Bestene, segundo os quais já estaria tudo certo para a chapa Bocalom/Alysson. Mentira !!!

Alysson acredita que será prefeito por dois anos.

As onças famintas de boca aberta (leia-se comissionados ligados ao PP) aumentam a desinformação – e a pressão ao governador -, inclusive aqueles que há pouco tempo tratavam o prefeito como o pior da história.

Há duas semanas o Diretório Municipal dá como certa a aliança, sem calcular o tamanho do desgaste que isso traria.

Jamais houve acerto, só ciladas, fake news e encaminhamentos nada produtivos, completamente infundados.

E não combinaram nada com o governador.

Nem com o povo.

Os progressistas que aceitam se prostituir (por serem incapazes de alcançar dois dígitos nas pesquisas) prosseguem no intento de instituir governo paralelo sem se importar com o desgaste à imagem do governador e impactos negativos na governabilidade.

Agem como traidores, infiéis e desleais que são ao próprio governador, embora este tenha cumprido todos os acordos com o partido e parditários.  Os traidores atendem por cargos de alta relevância na Casa Civil e na própria Secretaria de Governo.  E nos andares menores do PP. Tendem a esbarrar na caneta azul, já já.

Cameli não deve aceitar a proposta indecente, por saber dos objetivos escusos por trás disso: o foco é fragilizá-lo na corrida ao Senado. E atingir a vice-governadora, gerando mal estar entre o governador a sua vice.

Por que?

Mailza é virtual candidata ao governo, e disputaria as Chefia do Executivo em 2026 investida no cargo de governadora. Por ser a figura pública mais importante na Ação Social, Mailza é uma ameaça a Bocalom, que, se reeleito, também se lançaria postulante a governador.

Não se engane. O silêncio do governador é alerta de um antídoto para evitar que oportunistas de fora se apossem de um ambiente saudável, construído a duas penas.

A rede social do jornalista Luiz Carlos Moreira Jorge, que deu a informação em primeira mão, tem comentários nada bons, com sugestões para que essa pouca vergonha não prospere.

Copiar

Últimas Notícias

Vídeo mostra momento em que homem invade residência para matar mulher e amigo dela, em Porto Velho

Câmeras de monitoramento registraram as tentativas de um homem de 29 anos em invadir a...

Vídeo: o aparato de guerra na chegada de “Luizinho do CV” ao Acre; Ministro boliviano liderou prisão

Luiz Gomes da Silva, o Luizinho do CV, foi deportado pelas autoridades bolivianas no...

X1 e X2: eleição e posse de diretoria é confirmada para 21 de abril

O Presidente da Comissão Pró-fundação da Federação Acreana de X1 E X2, convoca a...

Cantor Hangell Borges é preso na madrugada em boate, em Rio Branco

O cantor sertanejo Hangell Borges foi preso na madrugada deste sábado, 25, na boate...

Acre inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na próxima segunda-feira, 27

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), lançará...

Você não pode copiar o conteúdo desta página