sábado, junho 22, 2024

Top 5 desta semana

Notícias relacionadas

No presídio do Acre: matador de padrasto e enteado havia assassinado rival há 5 cinco meses

Os detentos  Marcelo Maia da Costa e Jonas Santos da Silva confessaram ter matado os também detentos Antônio Gedenilson Simplício da Mota, de 48 anos, o Huck,  e Diego Lopes Nascimento, de 25.
Padrastro e enteado foram assassinados na última sexta-feira, 26, a golpes de estoques, no pavilhão “K” do maior complexo penitenciário do estado.
No dia seguinte ao duplo homicídio, a Justiça do Acre homologou o flagrante e decretou as prisões preventivas de Marcelo e Jonas.
Marcelo Maia é considerado “matador de presídio”. Foi o terceiro homicídio praticado pelo detento, no interior do presídio ,em menos de cinco meses.
Em 31 de agosto do ano passado, ele e o comparsa Rafael da Silva Campos assumiram o assassinato de outro detento.
Edvan da Silva Dias foi assassinado a golpes de estoque.
O crime,também aconteceu no banho de sol do Pavilhão “K”, praticamente no mesmo local onde Antônio Gedenilson e Diego Lopes foram mortos.
Pela a execução de Edvan da Silva, Rafaeel Campos e Marcelo Maia passaram a ser réus em 10 de outubro do ano passado.

Você não pode copiar o conteúdo desta página