sexta-feira, julho 19, 2024

Top 5 desta semana

Notícias relacionadas

Quem será eleita? com mais de 40 cargos, Lene Petecão seguirá Bocalom e a rival Marfisa Galvão fica com marido no PSD

A vereadora Lene Petecão tem um pé fora do PSD e outro dentro da aliança que tentará reeleger o prefeito Tião Bocalom. Partido Liberal ou Democracia Cristã? Um dessas legendas abraçará a vereadora, e a decisão, segundo fontes de dentro da prefeitura, foi tomada logo após oseringal anunciar com exclusividade a pré-candidatura da mulher do senador Petecão e atual vice-prefeita da capital.

Lembrando que o DC tem como dirigente o secretário de Zeladoria, Joabe Lira, corado para ser vice de Bocalom.

As duas não comem sequer na mesma mesa, e disputar vaga eletiva na mesma legenda seria pedir demais. Lene é da base do prefeito e tem mais de 50 cargos, indicados por ela, espalhados nas repartições pública municipais.  Não seria inteligente a vereadora abrir mão desse “capital”, pontuou um informante. “Não chegam a ser inimigas mortais, mas o clima na Casa Amarela não é amistoso por conta do barulho que perdura desde as últimas eleições”, acrescentou.

E tem mais, o Petecão se esforça para garantir uma disputa natural, mas está difícil para ele. O vota na mulher”, concluiu.

A rixa entre cunhada e irmã do senador agravou após o racha de Petecão com o prefeito Bocalom e o rompimento da esposa com o prefeito, o que gerou capítulos barulhentos na política local.

Marfisa não esconde sua mágoa após  prefeito destruir o planejamento dela para a Assistência Social em Rio Branco, seguido da exoneração de alguns amigos que ajudaram inclusive a eleger o prefeito.

Você não pode copiar o conteúdo desta página